http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_sa12a.png
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_01-172.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_02-169.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_03-72.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_04-163.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_05-126.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_08-123.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_14-120.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_09-92.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_12-106.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_13-107.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_13b-107.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_11-142.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_15-8.jpg
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_santoantonio---corte.png
http://www.sitespecific.pt/files/gimgs/19_santoantonio---axo-p06.png

MUSEU DE SANTO ANTÓNIO, LISBOA

concurso . 1º classificado
2012-2014
com · P-06 ATELIER

cliente · Câmara Municipal de Lisboa
colaboradores . A.AL arquitectos
fotografia . FG+SG

Situa-se no centro histórico de Lisboa, na fronteira entre a baixa pombalina e o bairro de Alfama.
O novo Museu toma o lugar do anterior – espaço adjacente da igreja - e é ampliado para a espaço anexo, parte de um edifício de habitação nascido do programa de reedificação da cidade pós-terramoto com elementos construtivos que se supõem anteriores a 1755.
Recuperou-se a identidade do local através de um trabalho de demolição e limpeza de construções avulsas, descaracterizadoras, em busca da escala e da geometria original dos espaços. A solução encontrada concretizou-se em novos suportes expositivos que acompanham as geometrias precisas do espaço, sublinhando-as, e reforçando a presença das cantarias. A escala e dimensão destes painéis tornam-os arquitectura do espaço e museografia, ao mesmo tempo que resolvem tecnicamente o museu.
No exterior, um painel em chapa perfurada cobre todo o alçado do antigo museu, clarificando as geometrias dos edifícios envolventes, ocultando as instalações técnicas e criando um suporte de comunicação que permite tornar visível a fachada do museu. A semi-transparência do painel promove a relação interior/exterior do museu com o largo e com a estátua do Santo, ao mesmo tempo que permite entrever o pórtico em pedra da fachada existente.